Investidor Inteligente
Compartilhe esse conteúdo!

Antifrágil: O Impacto da Delação da JBS sobre Temer e o Mercado

Todos acompanhamos ontem atônitos à nova bomba política vinda da gravação divulgada pela JBS sobre o presidente Michel Temer, quem teria dado aval para compra do silêncio de Eduardo Cunha.

Quais as consequências para os mercados?

Os mercados devem estremecer hoje, inclusive com ocorrência de circuit braker (paralização momentânea das negociações).

O ETF brasileiro EWZ caia 16% em Nova York e o Ibovespa  Futuro nesta manhã indica queda de 10%. Temos chance de ver um circut breaker nesta sessão da bolsa (paralisação momentânea das negociações).

O evento é uma bomba política e os desdobramentos sobre a política podem envolver a renúncia e eleições indiretas, cassação no TSE ou até mesmo emenda constitucional para convocação de eleições diretas.

Por que a notícia é tão ruim para os mercados?

Porque justamente agora que víamos a economia dando indícios de melhora, com inflação e juros em queda, o mercado estava comprado e aguardando que as reformas estruturais como da Previdência.

São reformas importantes para continuidade da recuperação econômica, caso fossem aprovadas. Obviamente, com a queda do governo, tais reformas podem ser comprometidas.

Um pouco sobre estratégia

O evento é um “Cisne Negro, no termo cunhado por Taleb: aquele tipo de notícia que não há como projetar ou adivinhar.

O financista, que também cunhou a idéia do Antifrágil, faz-se agora mais forte do que nunca: é a idéia de que sempre devemos estar preparados para esses eventos, embora eles sejam imprevisíveis.

Ontem mesmo enviamos a nossos clientes  duas operações estruturadas com opções para as ações da Gerdau e Banco do Brasil.

Tais operações estruturadas são mensalmente recomendadas, justamente porque elas conferem proteção contra baixas sem limitar o potencial de ganho.

Quem seguiu essas recomendação, por sorte, vai ter o conforto de, ao menos nestes dias, ter parte da carteira protegida contra maiores quedas da Bolsa.

O que fazer neste momento?

Acreditamos que o melhor é aguardar e não fazer nada, por enquanto. O mercado já vai abrir com um gap para baixo e será difícil amenizar as perdas vendendo logo cedo.

Não é descartada também a possibilidade de Temer ressistir, após um acordo com a base governista, e o índice recuperar parte das perdas ao longo do dia – caso algum acordo do tipo ocorra.

Iremos acompanhar atentamente o desenrolar dos fatos e suas implicações políticas. O grande risco, no caso de uma emenda que permita eleições diretas seria a possibilidade de Lula voltar a se cadidatar, o que desagradaria muito o mercado.

Por outro lado, em caso de eleições indiretas, e com o afastamento de Aécio Neves, um nome que poderia ser proposto pelo Congresso poderia ser do ex-presidente Fernando Henrique, que é um nome que agrada o mercado – e teríamos então um cenário positivo.

Estaremos acompanhando e, eventualmente iremos estruturas operações estruturadas para ganhar na baixa dos mercados, ou ainda recomendações de aluguel de ações (já que as taxas de aluguel devem subir visto a demanda por montar posições vendidas a curto-prazo nas ações).

Por ora, sugerimos não fazer nada, e ter paciência e calma. Aqueles que estavam pensando em comprar ações, sugerimos aguardar para termos maiores condições de digerir os fatos e entender quais rumos os eventos podem trazer como consequência.

A virtude da calma no mercado de ações traz benefícios a longo-prazo.

Muitas quedas de 10%, 20% são muitas vezes bem-vindas e até mesmo benéficas em meio a uma tendência de alta, abrindo novas oportunidades para compras.

Aqueles que souberem esperar e não se desesperarem, em geral acabarão se saindo melhor no longo-prazo.

Iremos acompanhar os mercados e avisar qualquer medida cabível, caso seja interessante no curto prazo.

Caso você queira receber todas nossas análises e, inclusive, estas operações estruturadas com opções, você pode assinar nossas análises aqui.

Fique Atualizado sobre o Mercado!

Assine nossa lista de e-mails e receba dicas e conteúdos exclusivos sobre ações!